antes era só depois que se exclamava & agora passado tudo muito quase nada o durante se pendura na janela de um onibus linha circular em movimento.

8 comentários:

Anônimo disse...

movimento atemporal

eu não minto mais, eu conto história disse...

parabéns....
uma estrela chorou
um brilho de antes
depois e durante.
o espaço-tempo
é tão quase
na beira de um
abismo
pra dentro de si.
um brilho chorou
uma estrela antes.
durante um abismo
é tão quase
na beira
parabéns!

Mario Vitor disse...

o tempo não mira o vento
não mira a mira que miro quando
neste veículo público miro
rostos que não ficam presos
em reflexos
que não se prendem ao que vejo
enquanto passo os pontos
passa o tempo.

Raiça Bomfim disse...

“Dura o diamante
dentro da pedra dura

de agora em diante
só o durante dura.”

(P.L.)

eu não minto mais, eu conto história disse...

oi... qual era mesmo o blog do pedro... eu perdi e queria muito dar ma olhada. naum to achando...
lu

Anônimo disse...

www.pedro-gomes.blogspot.com

eu não minto mais, eu conto história disse...

oi já achei...já li e já escrevi também. vamos nos falar amigo querido...
lu

Anônimo disse...

tudo é tanto nesse tão pouco quase nada para se ser tudo quanto se transborda!
grande pedroca!